Nutrição

A alimentação é a base da nossa vida, permite-nos atingir o nosso potencial ou se mal gerida diminuir a nossa saúde.
Parte integrante da cultura mediterrânea quer-se social, acessível, equilibrada e prazerosa, de forma a obtermos os nutrientes necessários ao nosso organismo.
A consulta de nutrição engloba por isso:
  1. avaliação de objetivos, crenças e expectativas, e suporte social, onde se pretende saber as motivações do utente;
  2. avaliação antropométrica (medição da estatura, avaliação de peso, cálculo do IMC,  massa gorda, massa isenta de gordura, gordura visceral, medição do perímetro da cintura e do perímetro da anca);
  3. avaliação de análises bioquímicas e outros exames;
  4. avaliação física subjetiva;
  5. história clínica do(a) próprio(a) e familiares diretos;
  6. anamnese alimentar (número de refeições ao longo do dia, alergias, intolerâncias e aversões alimentares, ingestão de plantas medicinais, medicamentos, fitoterápicos e suplementos); ´
  7. avaliação das necessidades nutricionais;
  8. prática de atividade física e sono
É feita em interação com o(a) utente, adaptada e negociada com o mesmo ao logo da consulta.
O plano de tratamento é definido com o utente, sendo a sua duração condicionada à adesão do utente ao plano acordado.

Sendo assim temos no Centro as seguintes áreas de atuação:

Nutrição Clínica

Destina-se a:

  1. Indivíduos que pretendam realizar uma alimentação mais saudável;
  2. Indivíduos que apresentem necessidades nutricionais ou alimentares específicas (crianças e adolescentes, grávidas, lactantes, idosos, vegetarianos)
  3. Indivíduos que necessitem de acompanhamento nutricional numa perspetiva de tratamento de doença, tais como: magreza, excesso de peso/obesidade, diabetes, hipertensão, anemia, dislipidemias, intolerância ou alergia alimentar, doenças gastrointestinais (gastrite, refluxo gastroesofágico, obstipação).

Nutrição Desportiva

A alimentação assume especial importância na performance de um desportista. A nutrição aplicada ao desporto visa adequar a ingestão de nutrientes em função das características da modalidade desportiva, da composição corporal do atleta e das diferentes fases do treino ou competição. Compreende:

  1. Avaliação das necessidades nutricionais e de hidratação do atleta;
  2. Elaboração de um plano alimentar adaptado ao objetivo (perda de peso/ gordura corporal, hipertrofia muscular ou melhoria da performance);
  3. Aconselhamento de suplementação alimentar de acordo com a necessidade.